Governador Romeu Zema anuncia compra de respiradores com dinheiro depositado em juízo pela Samarco

Compartilhar

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, anunciou, nesta segunda-feira, 27, a compra de 747 ventiladores pulmonares pelo governo estadual, após o estado conseguir autorização da Justiça Federal para adquirir os equipamentos que serão utilizados no combate ao coronavírus.

O recurso para compra dos equipamentos vem de parte da quantia depositada em juízo pela Samarco, a título de garantia do desastre socioambiental causado pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, ocorrido em novembro de 2015.

“Em Minas Gerais, trabalhamos dia e noite para combater o coronavírus. Nossa atuação rápida tem surtido resultados. Temos hoje 3% dos leitos de UTI com pacientes com suspeita ou confirmação da doença. Esses respiradores ajudarão muito na continuidade das ações no estado”, afirmou Zema.

O valor da compra será de R$ 43.965.000. Serão dois tipos de equipamentos:

1) 562 servoventiladores para pacientes adultos/pediátricos (modelo Carmel, marca KTK), tendo os seguintes acessórios: um circuito adulto, sensor de fluxo, umidificador, braço articulado, mangueira de O2 e ar. Cada unidade sairá a R$ 70.000.

2) 185 ventiladores de transporte para pacientes adultos, pediátricos e neonatais (modelo Microtak Total, marca KTK), tendo como acessórios um circuito adulto, mangueira de O2 e suporte para ambulância/maca. Cada unidade sairá a R$ 25.000.

A fornecedora será a KTK Ind. Imp. Exp. Com. de Equipamentos Hospitalares, com sede em São Paulo, e o acordo foi homologado pelo juiz Mário de Paula Franco Júnior, da 12ª Vara Federal em Belo Horizonte.

Segundo informações da Agência Minas, os respiradores que serão fornecidos pela empresa foram aprovados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) e, segundo a proposta comercial, a programação para a entrega ocorrerá nos meses de junho, julho e agosto.

Faça seu comentário usando o Facebook