Governo aponta início de tendência de queda da Covid-19

Compartilhar

Minas pode sair do alto patamar no número de casos e mortes pela Covid-19. O secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, afirmou que há tendência de queda na média móvel no número de mortes no estado. A informação foi repassada em entrevista coletiva nesta terça-feira, 18.

“Estamos vendo uma tendência de início de uma queda. Ainda é um pouco precoce definirmos isso, mas parece claro que parou de haver incremento no número de óbitos”, afirmou.

O estado monitora as mortes tanto pela data de ocorrência como pela data de registro. Ao comparar dos dois gráficos, as curvas apresentam sentidos diferentes. Enquanto há tendência de queda na curva na data de ocorrência dos óbitos, verifica-se elevação na curva de registros.

A média móvel é calculada a partir da divisão do número de mortes no período de uma semana. O secretário afirmou que a maior média móvel, desde as primeiras mortes pela Covid-19 em março, foi de 80 mortes em um dia, registrado em meados de julho.

O boletim epidemiológico, desta terça-feira, 18, confirmou 83 mortes nas últimas 24 horas, totalizando 4.306. No entanto, o secretário salientou que foram mortes que ocorreram em agosto, julho e junho. “A grande parte ocorreu em 16 de agosto, mas também há óbitos que aconteceram em julho e até junho.” Confira a média de mortes por data em Minas, conforme a SES.

Rede Minas/reprodução
Faça seu comentário usando o Facebook