Governo de Minas inaugura ala de UTI Covid em BH e abre 35 leitos de enfermaria

Compartilhar

O governo de Minas Gerais inaugurou nesta quinta-feira (21) uma nova ala construída para abrigar 40 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusivos para pacientes com suspeita ou confirmação de coronavírus no Hospital Júlia Kubitschek, localizado no bairro Milionários, região do Barreiro, em Belo Horizonte. A unidade é referência no tratamento à doença.

Com essa abertura e a consequente transferência do Centro de Terapia Intensiva (CTI) que já existia em outro espaço do hospital, haverá 35 novos leitos de enfermaria, que também poderão ser usados para tratar vítimas da Covid-19. A previsão é de que, neste mesmo dia, os pacientes comecem a ser transferidos para a nova ala.

Segundo o secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, a estrutura vai melhorar ainda mais o atendimento à população. “Esses leitos são completamente adaptados para a prestação de terapia intensiva, inclusive com estrutura para diálise. O CTI tem tudo de melhor do ponto de vista de qualidade assistencial. Isso aumenta o poder que temos para tratar os pacientes e, com o passar do tempo, será um legado. O nosso planejamento era de que tivéssemos leitos abertos para a emergência atual, mas que, passada a pandemia, a Saúde de Minas fosse melhor.”, afirmou.

Conforme o governo, o novo ambiente tem estrutura dividida em grandes salões, desenhada especificamente para atendimento de pacientes com necessidade de cuidados críticos. No local também foi instalado um novo e moderno sistema de ar condicionado central, além feitas reformas na rede elétrica e troca de rede de gases medicinais (oxigênio e ar comprimido).

As obras do hospital Júlia Kubitschek, integrante da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), foram iniciadas em maio de 2020 e realizadas pelo Departamento de Estadas de Rodagem (DER-MG) com o custo de R$ 8,7 milhões. O local também atende cidades do interior do Estado.

Além dos 40 leitos de UTI Covid, o hospital conta com 90 leitos de enfermaria clínica, assim como maternidade de referência para atendimento de gestantes, puérperas e parturientes com suspeita da doença.

Situação em Minas

Atualmente, a rede pública de saúde em Minas possui 3.987 leitos de UTI, sendo que 73,95% estão ocupados, de acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES). Em relação aos leitos de enfermaria, são 20.879 ao todo, com uma taxa de ocupação de 68,34%.

Minas Gerais registrou nesta quinta-feira, pela terceira vez em menos de uma semana, mais um recorde na média móvel de mortes provocadas pela Covid-19. Segundo o monitoramento realizado a partir dos dados da pasta, foram confirmadas em média 123,3 novas vítimas diárias do coronavírus nos últimos sete dias.

 

Fonte: O Tempo
Faça seu comentário usando o Facebook

One thought on “Governo de Minas inaugura ala de UTI Covid em BH e abre 35 leitos de enfermaria

Comments are closed.