Governo de Minas lança auxílio emergencial de R$ 39 para famílias pobres

Compartilhar

O Governo de Minas Gerais vai distribuir um auxílio emergencial de R$ 39 a famílias que vivem em situação de extrema pobreza.

O benefício foi anunciado em um decreto assinado pelo governador Romeu Zema (Novo), divulgado no Diário Oficial do Estado, nesta sexta-feira (11).

Segundo o texto, o projeto tem a “finalidade de reduzir os efeitos socioeconômicos decorrentes das ações de enfrentamento do estado de calamidade pública em decorrência da pandemia do coronavírus”.

O valor será pago aos membros dos grupos familiares que têm renda mensal de até R$ 89 por pessoa. Cada pessoa terá direito à ajuda de R$ 39. No entanto, o valor total será repassado para um representante da família.

Segundo o governo, inicialmente, serão feitos três repasses, mas o benefício pode ser ampliado caso haja dinheiro disponível em caixa.

• Estar em situação de extrema pobreza (renda familiar mensal de até R$ 89 por pessoa);
• Estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – CadÚnico até 11 de julho de 2020;
• Estar com o cadastro atualizado no Cadastro Único.

Datas

A Sedese (Subsecretaria de Assistência Social da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social) ficará responsável pela distribuição do benefício, podendo contratar uma empresa para realizar o serviço.

O decreto que cria o auxílio ainda não indica a data para as inscrições e nem quando devem ser iniciados os pagamentos. A reportagem procurou o Governo de Minas para saber detalhes sobre o cronograma, mas ainda não teve retorno.

Bolsa merenda

O projeto anunciado hoje não é o único do Governo Estadual criado para ajudar as famílias de baixa renda. Em abril, o Estado começou a pagar o Bolsa Merenda no valor de R$ 50 aos estudantes pobres, que estão sem aulas desde março.

O objetivo era suprir a falta da merenda escolar. A previsão é que a última parcela do benefício seja paga em setembro para 466 mil alunos.

 

Fonte: R7
Faça seu comentário usando o Facebook