Granizo deixa prejuízos em plantações no Sul de Minas

Compartilhar

A chuva de granizo que atingiu algumas cidades do Sul de Minas nesta terça-feira (18) causou prejuízos para os produtores da região. Apesar das belas imagens, o granizo causou danos em algumas plantações de morango, café, uva e batata.

A chuva atingiu os municípios de Santa Rita de Caldas (MG), Andradas (MG), Ibitiúra de Minas (MG) e Ipuiúna (MG). Em uma vinícola de Andradas, o prejuízo calculado é de 70 a 80% da produção.

“Tivemos uma perda muito grande. Choveu bastante na nossa parreira e em uma época muito ruim para acontecer, porque os ramos já estavam brotando e formando os cachos das uvas. Eles são muito frágeis e a maioria deles acabou caindo. Nós vamos fazer uma contagem do que vai ser possível colher e ver se vai valer a pena ter colheita este ano”, explicou o vinicultor, Beto Mosconi.

Já com relação ao café, os produtores informaram que o prejuízo será na próxima safra, uma vez que a grande parte da colheita já aconteceu. Os danos foram registrados nas novas mudas, que já estavam plantadas e ficaram machucadas.

Granizo no Sul de Minas

A chuva de granizou atingiu pelo menos quatro cidades do Sul de Minas. Em Santa Rita de Caldas, o bairro da Barra e a estrada que liga a cidade à Comunidade Pião ficaram encobertos pelo gelo. A chuva teve duração de 10 minutos e o pluviômetro local marcou cerca de 10 milímetros de chuva

Em Andradas a chuva durou cerca de 15 minutos e comprometeu a safra de uva. Já em Ipuiúna, a Defesa Civil informou que o granizo atingiu algumas lavouras que ficam no bairro Tamanduá, zona rural da cidade.

Em Ibitiúra de Minas, as pedras de gelo foram vistas em vários pontos da cidade. Lá a chuva também foi breve e durou aproximadamente 10 minutos. Algumas plantações de tomate ficaram destruídas.

De acordo com o Inmet (Instituto Nacional De Meteorologia) uma frente fria localizada no litoral Norte do Paraná está favorecendo áreas de instabilidade no Sul de Minas, São Paulo e Sul do Rio de Janeiro. Segundo informações de meteorologistas, a chuva intensa em algumas cidades do Sul de Minas foi um temporal isolado, por isso a possibilidade de granizo novamente é remota.

Fonte: G1

Faça seu comentário usando o Facebook