Homem encontrado morto em Passos ainda não foi identificado

Compartilhar

Vítima foi morta com requintes de crueldade.

Até o final da tarde de ontem, policiais civis e militares ainda trabalhavam na tentativa de identificar a vítima e os autores do homicídio ocorrido durante a tarde de quinta-feira, 21, no loteamento Nova Passos, quando um homem, aparentando ter cerca de 25 a 30 anos, foi encontrado morto em meio a uma plantação de soja próximo aquele bairro.
A vítima teve o pescoço cortado de um lado a outro e tinha pelo menos três marcas de tiros pelo corpo.
O crime foi registrado por volta das 18h30, mas testemunhas que não quiseram se identificar por medo de represálias, porém, contaram à Polícia Militar que ouviram o barulho dos disparos cerca de quatro horas antes.
De acordo com a PM, o corpo foi encontrado a uma distância aproximada de 25 metros da rua Amos Donabela Borsári (que liga os bairros Cohab II e Vila São José). Além dos tiros, um deles no lado direito do rosto à queima-roupa, a vítima teve a garganta cortada quase que por completo.
Ao lado do corpo foi encontrada e apreendida uma faca de cozinha com marcas de sangue, que pode ter sido usada no crime. Ainda segundo os militares, a PM foi informada que por volta de 14h30 do mesmo dia, diversos indivíduos não identificados teriam entrado naquela plantação e efetuado vários disparos de arma de fogo.
Uma testemunha que não quis se identificar também contou aos policiais que ouviu um destes envolvidos dizendo que era para “dar na cara” e em seguida ouviu pelo menos três disparos. Foi relatado ainda que após os tiros cerca de 9 rapazes teriam corrido em direção à Cohab II, sendo que pelo menos um deles estava com um revólver nas mãos.
Faça seu comentário usando o Facebook