Homens de Areado que aplicavam golpes foram presos em Poços

Compartilhar

Três homens e um adolescente, todos de Areado-MG, foram presos ontem (27) pela Polícia Militar depois de aplicarem golpes em vários pontos comerciais de Poços. Segundo as vítimas, os estelionatários compravam mercadorias baratas e pagavam com cédulas falsas de R$50 ou R$100 ficando assim com o troco.

De acordo com o tenente Garro, os militares que trabalhavam no Terminal de Linhas Urbanas foram informados por um comerciante sobre o golpe aplicado pelo grupo e, durante rastreamentos, conseguiram localizar e apreender um adolescente de 16 anos, que participava dos crimes. “Durante uma conversa ele acabou apontando os outros indivíduos e, dessa forma, prendemos os demais autores e chegamos ao carro usado por ele que estava em um estacionamento da área central”, disse o tenente.

O adolescente contou à polícia que veio de Areado para Poços em um Kadett, pertencente a Jean Carlos da Silva Lemes, 20 anos, e que o carro estava parado em um estacionamento da rua Maranhão. Nesse local Jean Lemes foi preso e, logo em seguida, a polícia prendeu ainda Claudiney Soares Lemes, 39 anos, e Fábio José dos Santos, 28 anos.

No carro em questão foram encontrados duas sacolas de carne, uma caixa de isopor de 17 litros, dois litros de vinho e uma garrafa de guaraná. Através das embalagens a polícia foi até alguns estabelecimentos do centro onde as vítimas reconheceram os autores alegando serem eles os supostos compradores que pagaram pelas mercadorias com cédulas falsas, ficando não só com o produto mas também com o troco. Ainda de acordo com o adolescente, eles faziam as compras, levavam a mercadoria para o carro, trocavam de roupa e voltavam para as ruas centrais em busca de novas vítimas.

Segundo o tenente Garro, foram encontrados com os autores cerca de R$900 em dinheiro, obtidos como troco. Com eles também foram encontrados R$350 em notas falsas. “É possível que outros estabelecimentos tenham recebido cédulas falsas e ainda estejam com as notas sem perceber que não são verdadeiras”, disse o oficial.

Já no final da tarde a PM tentava prender em Areado e Alfenas o restante da quadrilha.

Via Jornalmantiqueira
Faça seu comentário usando o Facebook