Hospital Regional de Varginha faz campanha para ajudar pagar dívida de R$ 60 milhões

Compartilhar

O Hospital Regional de Varginha enfrenta uma crise financeira. A dívida já chega a R$ 60 milhões. A direção diz que tem se esforçado para manter o atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS), mas a situação tem se agravado. Para continuar, o hospital decidiu fazer uma campanha e tem pedido doações no comércio.

“Essa dívida se resume basicamente com fornecedores, os serviços médicos, que estão em atraso, alguns profissionais, e água e energia elétrica”, diz Luiz Fernando Bandeira, diretor administrativo do hospital.

A emergência financeira também está no orçamento. A unidade tem receita de R$ 1,8 milhão por mês, a maior parte vem do contrato com o SUS, mas a despesa mensal ultrapassa os R$ 4 milhões.

“Os materiais aumentaram bastante, boa parte da tabela SUS não teve remuneração adequada nos últimos cinco, dez anos. Então tudo isso resulta em um certo desequilíbrio financeiro econômico”, diz o diretor.

Além dos reajustes internos para tentar equilibrar as finanças, o hospital resolveu pedir doações. “Se cada um contribuir um pouquinho, um pouquinho se torna muito. Então o pouco que a gente conseguir distribuir é benéfico para todo mundo”, afirma o instalador hidráulico Donizete Claro.

A campanha troco solidário já funciona em 22 empresas da região. “Nós ainda não apuramos números, mas o pessoal tem participado, tem contribuído sim”, afirma a empresária Michelli Maiolini.

O valor arrecadado deve cobrir despesas e principalmente os gastos com fornecedores. “É importante. A gente sente que está fazendo um bem para a comunidade também. É muito bom”, ressalta Rosi Figueiredo.

As empresas que quiserem participar do troco solidário podem entrar em contato pelas redes sociais do Hospital Regional. A campanha não tem data para terminar.

 

Foto reprodução: EPTV

 

Fonte: G1
Faça seu comentário usando o Facebook