IMA desenvolve programa on-line de educação sanitária

Compartilhar

Iniciativa inédita é virtual e pretende despertar em estudantes mineiros o interesse por atividade rural e normas sanitárias

Projeto do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), o Sanitaristas Mirins, que teve atividades suspensas em função da pandemia de covid-19, acaba de ganhar versão on-line.

A iniciativa do órgão, vinculado à Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), vai contemplar alunos e professores de escolas do ensino fundamental do estado.

Diante do cenário do coronavírus, o novo programa é amparado em educação a distância (EAD) e em plataformas digitais. O piloto está em fase de experimentação em Pouso Alegre e Juiz de Fora, e deve, em breve, ser realizado em outras regiões do estado.

O objetivo da iniciativa é despertar nas crianças o interesse pela atividade rural, tornando-as multiplicadoras de informação sobre normas sanitárias e, ainda, influenciadoras dos pais e das comunidades em que vivem.

 

Ampliação

 

Coordenadora do Núcleo de Educação Sanitária do IMA, Ana Cristina Paiva avalia as novas formas e dinâmicas de apresentação do projeto nas escolas participantes, assim como o desenvolvimento de programas on-line positivos para ampliar o alcance do público.

“Com o projeto on-line, os alunos estão assistindo aulas e vídeos sobre os assuntos abordados no livro ‘A educação sanitária no dia a dia dos alunos – descobrindo a agropecuária na escola’, de autoria do IMA. Estamos considerando a expansão do projeto em 2021, caso as escolas não retomem totalmente o ensino presencial”, projeta.

Ana Cristina salienta que o Sanitaristas Mirins requer treinamento e acompanhamento próximos dos professores, alunos e escolas participantes. “Traduzimos a linguagem técnica e a legislação para que os participantes entendam a importância do nosso trabalho de fiscalização. O objetivo é gerar mudanças de atitudes e comportamento nos alunos, pais, professores e comunidade”, reforça.

 

Continuidade

 

Maciel Borges, servidor da Coordenadoria Regional de Pouso Alegre, explica que a ideia do programa on-line surgiu no contexto da pandemia com objetivo de promover a continuidade das atividades.

“A iniciativa divulga as atividades do IMA e leva os participantes à compreensão sobre a importância da atividade rural”.

Borges diz que o novo formato tem sido uma boa experiência. “Estamos nos surpreendendo a cada dia com a dedicação de alunos e professores. As crianças nos enviam vídeos e fotos da propriedade rural onde vivem e dos animais que criam”, conta.

 

Segurança alimentar 

 

Em fevereiro deste ano, em uma parceria com o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), foi discutida a participação do IMA no programa “Consumo saudável dentro e fora das escolas”, que visa alcançar todas as escolas públicas e privadas do estado, estimulando a segurança alimentar e nutricional. Com a parceria, o IMA está levando o Projeto Sanitaristas Mirins para um público mais amplo.

Na oportunidade foi firmada a ideia de fornecer o livro “A educação Sanitária no dia a dia dos alunos – descobrindo a agropecuária na escola”, que está sendo atualizado para nova tiragem, e disponibilizar treinamento à distância para os professores. O IMA apresentou o projeto para 130 promotores de todo o estado.

 

 

Fonte; Agência Minas
Faça seu comentário usando o Facebook