Iniciativa do Ministério da Saúde juntamente com o SUS ampliam grupos prioritários para vacinas contra febre amarela e gripe

Compartilhar

A partir deste ano, o Ministério da Saúde, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), ampliará o público prioritário das vacinas contra a gripe e febre amarela. As crianças de 4 anos de idade tomarão um reforço contra a febre amarela. Antigamente, elas eram imunizadas somente aos 9 meses de vida. No caso da vacina da gripe que antes era destinada aos idosos acima de 60 anos, agora serão aplicadas em pessoas a partir de 55 anos.

O objetivo da ampliação é elevar o público prioritário, beneficiando um número maior de pessoas e reduzindo o número de internações e óbitos decorrente das doenças. Deve-se levar em consideração que, a escolha de imunizar crianças de 4 anos contra a febre amarela vem da razão de que, crianças aos 9 meses, não criaram anticorpos de forma tão intensa quanto os adultos.

A necessidade ou não das doses de reforço de alguns imunobiológicos é fundamental em estudos que avaliam a resposta do organismo, conforme a faixa etária e vacina.

A vacina contra a febre amarela para crianças de 4 anos fará parte do Calendário Nacional de Vacinação e a previsão é de que esteja disponível em todo o estado a partir de ontem, 2. Já contra a gripe, a vacina será oferecida durante o período de campanha, que deve ocorrer no mês de abril de 2020.

A estimativa em Minas Gerais é de que, ao todo, 261.657 crianças recebam a dose de reforço para a febre amarela. Contra a gripe a estimativa é ainda maior, cerca de 932.781 pessoas entre 55 e 59 anos devem tomar a vacina.

 

Faça seu comentário usando o Facebook
PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com