Jornalista Nilmário Miranda realizou uma coletiva para o lançamento de seu novo livro em Carmo do Rio Claro

Compartilhar

O jornalista, político e militante dos direitos humanos Nilmário Miranda lançou neste sábado (01), na Associação dos Artesãos em Carmo do Rio Claro, seu livro de memórias “Histórias que vivi na História”.

A obra apresenta o testemunho de quem sentiu na pele o golpe civil-militar de 1964, a instauração do terror de Estado e lutou pelo restabelecimento da democracia. O relato começa pela formação política em Teófilo Otoni, passa pelo período de clandestinidade e prisão política, até chegar ao atual panorama do Brasil, com destaque para Minas Gerais.

Nilmário faz um balanço dos avanços e retrocessos das conquistas sociais no Brasil, sobretudo a partir da Constituição “Cidadã” de 1988. Destaca a contribuição do PT e de outros partidos de esquerda na redução das desigualdades e da injustiça, mas não deixa de reconhecer erros políticos desses grupos, o que contribuiu para “o golpe parlamentar de 2016”.

Faça seu comentário usando o Facebook