Juruaia: Reforma do maior sutiã do Brasil marca campanha do Outubro Rosa

Compartilhar

A cidade de Juruaia (MG) possui o maior sutiã do Brasil, com recorde registrado pelo RankBrasil, sendo 300 vezes maior que o tamanho comum da peça. Neste ano, em conscientização ao Outubro Rosa, a cidade reformará o sutiã, fará doações ao hospital do câncer e recolhimento de cabelos para confecção de perucas.

Lançado em 2015, o maior sutiã do Brasil, ganha no de outubro uma nova pintura, na campanha do Outubro Rosa, mês da conscientização e prevenção ao câncer de mama. A peça fica na praça central da cidade e recebe a visita de turistas.

A arte é uma pintura feita pelo artista plástico Obreta, com a inserção de parte da nova logomarca da cidade e com a cor carmim. A obra deve ficar pronta nos próximos dias, quando deve ser inaugurada.

“A arte conta com tramas e traços orgânicos que remetem às rendas utilizadas no feitio das lingeries produzidas na cidade e elementos como grãos de café, produto de grande importância na economia local. O coração que simboliza o amor e a união por um bem comum, e formas que representam a natureza como um todo. E ainda terá um laço rosa que é o símbolo da luta contra o câncer de mama”, contou Silmara Piza Bardi, presidente da Câmara da Mulher Empreendedora de Juruaia.

Segundo Silmara, diversos moradores da cidade se prontificaram a colaborar de alguma forma com as ações da campanha. “Acredito muito que Juruaia sempre está em crescimento e evidência porque sempre nos unimos, tanto para promover nossos negócios que geram milhares de empregos na cidade e cidades vizinhas, quanto para ajudar o próximo.”

Doações para centro oncológico

O Centro de Oncologia da Santa Casa de Alfenas atende muitos pacientes de Juruaia, pois é o centro especializado mais perto. De acordo com informações do hospital, de 2017 a 2019 foram mais de 3.200 atendimentos.

Por isso, em agradecimento, serão feitas doações destinadas ao setor do hospital. As compras realizadas nas lojas participantes de Jururaia, entre os dias 13 e 16 de outubro, terão uma parte da renda destinada ao hospital.

“Já temos adesão de mais de 40 empresas participantes. E também serão doados conjuntos de lingeries para a realização de um bazar pela instituição, para gerar novos recursos financeiros. Ficou a critério das empresas que aderirem a campanha, fazerem a própria doação em peças de lingerie, moda praia ou pijama para o bazar beneficente ou a doação de valores em dinheiro”, explicou Silmara Piza Bardi.

Doações de cabelos

Na campanha ainda serão recolhidos, durante o mês de outubro, cabelos para a confecção de perucas para pacientes oncológicos, que perderam seus cabelos com o tratamento. Alguns salões da cidade se dispuseram a cortar e recolher os cabelos para as doações.

“As pessoas que cortarem seus cabelos e quiserem doar também vão ganhar um presente, fazer uma foto do antes e do depois e mandar para a gente. A ideia é fazer com que as pessoas comprem a ideia de ajudar e mudem seu visual fazendo o bem. Além de alertar sobre a prevenção, autoexame”, disse Rosana Marques, diretora de uma das lojas e da Câmara da Mulher Empreendedora (CME).

O tamanho mínimo para o corte deve ser de dez centímetros, sem restrições quanto aos tipos de cabelos ou cor. Depois de recolhidas, as mechas serão doadas para o Hospital de Alfenas, onde serão feitas as perucas.

Fonte: G1 Sul de Minas

Faça seu comentário usando o Facebook