Maior parte dos acidentes domésticos pode ser evitada; veja dicas

Compartilhar

A recomendação do governo é que todas as pessoas fiquem em casa para evitar a proliferação da Covid-19, porém, neste período, é importante se atentar aos cuidados que devem ser tomados dentro das residências.

Com a suspensão das aulas, o Corpo de Bombeiros reforça que os cuidados devem ser redobrados com os acidentes domésticos.

O sargento Allan Azevedo, do Corpo de Bombeiros, reforça que intoxicações, afogamentos, quedas e queimaduras podem ser evitados na maior parte dos casos. “Só no ano de 2019, o Corpo de Bombeiros atendeu a mais de mil ocorrências relacionadas à intoxicação e envenenamento e a mais de 500 relacionadas à obstrução de vias aéreas por corpos estranhos.”, comenta.

O sargento ainda explica que estes ‘corpos estranhos’ podem ser brinquedos, como bola de gude, objetos como tampa de caneta e até um pedaço de carne, mas ele alerta que “cerca de 90% destes acidentes podem ser evitados”.

Cuidados com as crianças

A recomendação do Corpo de Bombeiros é que os pais ou responsáveis sempre mantenham as crianças em seu campo de visão e que estejam sempre acompanhando elas pelos cômodos da casa. No banheiro, por exemplo, a tampa do vaso deve estar sempre fechada.

O sargento Azevedo deixa um alerta para as pessoas que moram em apartamentos. “Uma medida de segurança é a instalação de telas protetoras nas janelas”.

Além disso, outra recomendação é com as tomadas. Neste caso, dica é proteger com uma fita isolante, protetor de tomadas ou até mesmo com um móvel.

Fonte: Portal Amirt
Faça seu comentário usando o Facebook