Médico fala sobre a importância da vacinação; se a pessoa contrair a Covid-19, os sintomas podem ser mais leves

Compartilhar

Em entrevista ao Onda in Foco, o médico infectologista Dr. Mario Krugner Lopes, explicou o que pode ter acontecido na cidade Campestre onde, segundo a Prefeitura da cidade, 17 idosos do Lar São Vicente de Paula foram infectados pelo novo coronavírus, mesmo após terem sido vacinados com as duas doses.

De acordo com Dr Mario a vacina “não confere 100% da imunização e é por isso que, mesmo após tomar as duas doses, os cuidados sanitários devem continuar como lavar as mãos, distanciamento social e o uso de álcool em gel”.

O infectologista ainda fala que as pessoas que foram vacinadas e contraíram a doença “tiveram sintomas mais leves” e ainda segundo o médico “é nisso que a gente tem que se apegar. Não é aquela história, tomei a vacina e estou salvo! Tomei a vacina e to protegido e se eu tiver a doença terei ela de uma maneira mais branda”.

E foi exatamente isso que aconteceu, segundo a Prefeitura de Campestre, com as pessoas que se contaminaram com o novo coronavírus. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (28).  17 idosos e um funcionário testaram positivo para a Covid-19. Segundo a Prefeitura eles apresentaram sintomas leves e passam bem. Um dos idosos teve sintomas mais fortes por ter comorbidades.  Atualmente o Lar conta com 72 moradores com idades entre 60 e 92 anos.

Dr Mario conclui dizendo para as pessoas tomarem as vacinas, sejam elas quais forem, e que é preciso tomar as duas doses para se imunizar “porque caso que a pessoa adoeça, ela adoecerá de forma mais branda e evitando assim uma possível hospitalização ou a morte”.

Fonte: Onda Poços
Faça seu comentário usando o Facebook
PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com