Minas Gerais chega a 333.998 casos e 8.405 mortes confirmadas por COVID-19

Compartilhar
Minas Gerais chegou neste sábado (17) a 8.405 mortes por COVID-19. O boletim epidemiológico e assistencial do governo do estado informa que foram registradas 60 mortes pela doença no intervalo de 24 horas.
Com isso, BH registrou exatamente 905 mortes pela virose neste mês, uma média de 53,23 óbitos a cada dia no período.
uanto ao número de casos, o estado chegou a 333.998. Minas Gerais tem, além dos quase 8.405 mortos, 23.900 casos em acompanhamento e 301.693 recuperados.
Com 5,756 mil, Uberlândia é a cidade com mais casos em acompanhamento do estado, seguida por Belo Horizonte com 1.937 casos. Já quanto ao número de mortes, a capital lidera no estado, com 1.397 óbitos.
Entre as pessoas que morreram vítimas da COVID-19 em Minas, 56,75% são homens e 43,25% mulheres. A maioria dos óbitos, 79,6%, é formada por idosos. Outros 17,1% tinham entre 40 e 59 anos; e 3% entre 20 e 39 anos.
Quanto à raça/cor, 43,83% das pessoas diagnosticadas com casos graves eram pardas, 40,75% brancas, 8,84% pretas, 0,62% amarelas e 0,1% indígenas. De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, 5,91% não tem raça/cor especificada ainda.
Além disso, 75,1,5% dos óbitos são de pessoas com fator de risco, segundo o Governo. E outras 2.078 morreram sem comorbidades.
Idade, cardiopatia, diabetes, pneumopatia, obesidade, nefropatia e doenças neurológicas são as comorbidades mais comuns.
Fonte: Estado de Minas
Faça seu comentário usando o Facebook