Minas Gerais entrega Currículo Referência para melhorias no Ensino Médio do estado

Compartilhar

A rede de ensino médio das escolas de Minas Gerais tem sido destaque nas últimas pesquisas que avaliam as notas e a qualidade das instituições. Nessa semana, a Secretaria de Estado de Educação (SEE-MG) e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime-MG), entregaram o Currículo Referência do estado – Etapa Ensino Médio ao Conselho Estadual de Educação (CEE-MG).

O documento é elaborado por uma equipe de professores da educação mineira e traz uma série de novidades para tornar o ensino médio mais atraente para os estudantes. A medida é um importante passo para garantir estudos de qualidade, evitando que os alunos deixem a escola e proporcionando uma boa formação.

A secretária de Estado de Educação, Julia Sant’Anna, ressaltou que o documento poderá contribuir para a melhoria do ensino em Minas. “Acredito muito no documento que estamos entregando. Tenho a segurança de que ele representa cada um dos estudantes e que será fundamental para consolidar o processo de ascensão do ensino médio mineiro. Um ensino médio de qualidade, como o estado merece e tem condições de fazer”, frisou.

Segundo Julia, o documento ainda poderá ser utilizado por todas as redes de ensino, públicas e privada. Depois da entrega, o Currículo será analisado para que o CEE-MG possa fazer a homologação.

O presidente do Conselho, Hélvio de Avelar Teixeira, salientou que a proposta foi construída de forma democrática. Segundo ele, o documento está bem preparado e terá sua base legal analisada, amparada tanto na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), quanto nas novas diretrizes.

A análise e homologação pretende realizar mudanças pedagógicas, no tempo e na estrutura do currículo dessa fase da educação básica, a partir de 2022. O ‘Novo Ensino Médio’ foi desenvolvido por meio do Programa de Apoio à Implementação da Base Nacional Comum Curricular (PROBNCC).

O Currículo Referência do Ensino Médio é composto pela Formação Geral Básica, que considera as aprendizagens comuns e obrigatórias definidas pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC), e os Itinerários Formativos, quando os alunos escolherão conteúdos que se relacionam com seus interesses.

Fonte: Portal Amirt
Faça seu comentário usando o Facebook