Minas tem aumento significativo de ocorrências com escorpiões

Dados do Ministério da Saúde alertam sobre uma maior incidência de casos com escorpiões. Segundo o órgão, nos últimos 10 anos o número de ocorrências registradas praticamente quadruplicou. Em 2008, foram apontados 40.287 casos e em 2018, foram 156.833 em todo o país.

Estudos apontam que, nos próximos anos, a média de picadas de escorpião pode atingir cerca de 429 brasileiros à mais do que o esperado. Esse aumento considerável é consequência de uma série de motivos: além das interferências humanas, como construção desordenada, avanço do desmatamento, elevação de temperatura e produção exagerada de lixo, também tem o fator das próprias características biológicas do artrópode.

De acordo com os estudiosos, a espécie mais comum e perigosa dos escorpiões é o amarelo, pois se adapta facilmente à todos os tipos de ambientes, tem reprodução rápida, gerando até 50 filhotes por ano e possui uma picada letal. O veneno atinge mais facilmente idosos e crianças.

Fonte: Portal Amirt
Faça seu comentário usando o Facebook
shares