Ministério da Saúde determina novas orientações para o distanciamento social

Compartilhar

Foi estabelecido pelo Ministério da Saúde, novas orientações para o distanciamento social em questão do novo coronavírus. Segundo o Boletim Epidemiológico, cria novas regras de isolamento e recomendações mais leves para cidades que ainda não estejam saturados em ocupação de leitos nas unidades de saúde.

De acordo com as novas orientações, terão duas categorias de distanciamento: o ampliado e o seletivo. O ampliado é o distanciamento que está sendo aplicado desde o começo da pandemia e o seletivo para medidas em que os municípios com casos confirmados mas com quantidade menor que 50% da capacidade do local.

É definido como distanciamento seletivo, casos em que apenas alguns grupos ficam isolados, com características no qual as pessoas apresente quadros mais graves da doença ou grupos que podem ter mais riscos de desenvolvimento.Os idosos, pessoas com doença crônicas ou condições de risco como obesidade e gestão de risco, fazem parte do grupo de quadro mais grave.

Nessas condições, pessoas com menos de 60 anos podem circular livremente, aqueles que não apresentem sintomas do coronavírus.

Faça seu comentário usando o Facebook