Morador de Passos monta presépio em garagem

Compartilhar

Tradição de montagem do Presépio em garagem vem desde 2012.

Faltando cerca de um mês para o Natal, as casas, ruas e o comércio em Passos já estão com suas decorações especiais para celebrar a data. Entre os artigos estão os presépios, tidos como um dos mais antigos costumes das comemorações do Natal.
Os presépios referem-se ao local de nascimento do menino Jesus e retratar este acontecimento na própria garagem de casa já tornou-se tradição para Iene Silva Bonfim, que pelo sexto ano abre sua residência para que a população possa visitar a reprodução de um acontecimento tão simbólico.
Foram três meses elaborando a estrutura deste ano, entre as novas criações e a reformas de peças utilizadas nos anos anteriores, o resultado foi mais de dois metros de maquete que representa as nove paróquias da cidade, entre elas a matriz São Benedito, Nossa Senhora da Penha, Bom Jesus dos Passos, a recentemente intitulada paróquia São José e também réplicas de construções que homenageiam os moradores da cidade. Desde 2012 centenas de pessoas já visitaram a garagem para conhecer o seu projeto.
Os interessados em prestigiar a obra de Iene Bonfim podem comparecer na rua Jerônimo Neto, número 351 até o dia 6 de janeiro, data que celebra-se o momento em que Jesus Cristo ainda recém-nascido recebe a visita dos três reis magos e comumente são retiradas as decorações de Natal.

 A tradição

O termo “presépio” vem do latim praesaepe cujo significado representa berço, manjedoura e também cercado. Segundo a Bíblia, José e Maria após muito tempo à procura de um local para se abrigar, repousaram em uma gruta nas proximidades de Belém. Maria deu à luz Jesus naquela noite e os pastores da região, avisados por um anjo e logo após pelos três Reis Magos foram guiados até o local onde reconheceram o bebê como o menino Salvador.
A tradição do presépio surgiu na cidade italiana de Greccio, com São Francisco de Assis em 1923. São Francisco, tentou relembrar a simplicidade e as dificuldades enfrentadas na ocasião do nascimento do Menino Jesus, quando montou um cenário na gruta de uma floresta na região, com os personagens bíblicos esculpidos em argila. A manjedoura, os animais vivos e as figuras tiveram tanta eficacia na instrução sobre o nascimento de Jesus que a iniciativa é replicada até hoje.
Morador monta presépio e recebe visitantes.
Fonte: clicfolha
Faça seu comentário usando o Facebook