Moradores da Jacuba recebem escrituras dos imóveis após 24 anos

Compartilhar

A terça-feira, 29 foi um marco importante na vida dos moradores do Bairro Jacuba, em Carmo do Rio Claro. Na noite de ontem, no Centro Comunitário Santo Reis, o prefeito Tião Nara, o vice-prefeito Wilber Moura e os vereadores Paulo Marcelo Silva e João Paulo Castro Ferreira entregaram a primeira escritura depois de 24 anos de existência do bairro.

Os primeiros moradores a receber o documento foi o casal Rosângela Malaquias Liduário e Vanderlei Mendonça Liduário. Eles residem na Jacuba há 20 anos e só agora conseguiram registrar seu imóvel. Desde a liberação do Bairro Nossa Senhora do Rosário – Jacuba – a Prefeitura possuía pendências com fornecedores que impediam o recebimento da carta de anuência que permitiria a doação dos terrenos sociais aos beneficiados.

Já em Janeiro, logo que assumiu, o vereador Paulão encabeçou as ações que levaram ao fim desse período de incerteza vivido pelos moradores. “Em uma conversa formal, o prefeito Tião Nara me deu liberdade para desenrolar essa novela. Então, as coisas começaram a tomar forma e aconteceu. Após 24 anos, o pessoal do Nossa Senhora do Rosário tem direito real em adquirir suas escrituras”, disse.

Todo trabalho foi desenvolvido junto com os integrantes do Departamento de Habitação da Prefeitura e com o vice-prefeito Wilber Moura. Participaram da reunião de ontem cerca de 30 pessoas. Além da entrega da escritura, os representantes públicos aproveitaram para orientar as outras famílias para que elas também consigam a sua certidão. “Elas precisam reunir toda a documentação que dá direito à autorização para obter a escritura e se dirigir ao setor de habitação”, disse Paulão que entregou a relação de documentos necessários para a solicitação.

A moradora Rosângela Malaquias Liduário – primeira a receber a escritura – agradeceu ao vereador por ter se empenhado na resolução deste problema que vinha se arrastando há tantos anos. “Eu me sinto feliz porque já faz muito tempo que a gente está esperando essa escritura. Cada um promete uma coisa, fala que vai sair e nunca saía. Agora, o Paulão, ele resolveu o problema pra gente. Faz muito tempo que a gente está correndo atrás e ninguém dá resultado de nada e ele deu. Hoje, quem não faz a escritura é porque não quer, porque a minha tá pronta!”, comemora.

Em média, 68 famílias devem solicitar suas escrituras. O município recebeu a certidão negativa das cartas de anuência no dia 31 de agosto, quando começou um trabalho dentro da cidade para que a situação ficasse regularizada e as escrituras pudessem ser solicitadas.

O vereador Paulão – que está em sua primeira legislatura – mostrou-se contente por conseguir resolver um problema com mais de duas décadas. “O meu trabalho é sempre visando o melhor para o cidadão carmelitano. Meu dever é sempre estar em favor da maioria, em especial a classe menos favorecida. Foi uma batalha. Estou muito contente, missão cumprida neste caso”, finalizou.

Moradores do bairro Jacuba recebem escrituras dos imóveis após 24 anos.
Via Folhadamanha
Faça seu comentário usando o Facebook