Onda Sul FM

Mototaxista e dono de empresa deixam a cadeia após morte de passageira

Ambos devem ser indiciados por homicídio culposo, de acordo com a Polícia Civil.

Nesta sexta-feira o mototaxista e o dono da empresa de mototáxi envolvidos na morte de uma passageira em Pouso Alegre (MG) deixaram a cadeia. Eles foram detidos na terça-feira (5) após a polícia constatar que o funcionário não tinha habilitação para realizar o serviço e apresentava sinais de embriaguez, segundo a Polícia Militar.

O acidente aconteceu na noite de segunda-feira (4) no bairro São João. Lohana Nayara dos Santos, de 20 anos, estava na moto, que bateu na lateral de um caminhão-guincho. Entretanto, ela morreu no local. Já o mototaxista, de 36 anos, foi levado para a delegacia.

Sendo assim, de acordo com a defesa dos dois suspeitos, eles deixaram a cadeia usando tornozeleira eletrônica. A Polícia Civil informou que o mototaxista será indiciado por homicídio culposo, enquanto o dono da empresa por coautoria em homicídio culposo, já que sabia que o funcionário era inabilitado.

Lohana Nayara dos Santos Foto: redes sociais
Faça seu comentário usando o Facebook
© 1999-2019 ONDA SUL - A RÁDIO DO SUL DE MINAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS / IA EMPRESA