O frio pode aumentar transmissão da covid-19

Compartilhar

O frio pode aumentar a transmissão de covid-19 e outras infecções respiratórias, afirma o infectologista Marcelo Otsuka, da SBI (Sociedade Brasileira de Infectologia). Segundo ele, são três motivos principais para esse aumento.

O primeiro é o fator comportamental. No inverno, as pessoas ficam mais próximas, em ambientes fechados e com pouca ou nenhuma ventilação, o que pode aumentar a transmissibilidade.

O segundo é que temperaturas mais baixas desencadeiam crises alérgicas. Quem tem sensibilidade ao frio produz mais secreção e tosse nessa época. Se a pessoa que possui esse tipo de problema está contaminada, a transmissibilidade dela aumenta.

Já as pessoas que não estão contaminadas, ficam mais suscetíveis a infecções respiratórias, já que existe uma inflamação por conta da alergia.

“O terceiro e mais importante fator é que no frio, nossos cílios pulmonares trabalham menos.” Os cílios são um dos mecanismos de proteção das nossas vias aéreas. Sua função é expelir substâncias do ar para fora.

No frio, a sua movimentação diminui e as pessoas ficam mais suscetíveis a infecções respiratórias de todos os tipos.

Para se proteger no inverno, além das medidas de proteção como uso de máscara, lavagem de mãos e distanciamento social, o médico recomenda se manter aquecido e manter os ambientes arejados e com circulação de ar. “Além disso, quem é alérgico deve se tratar para diminuir o risco de transmissão.”

Os sintomas da covid-19 também tendem a se agravar nos meses mais frios do ano. Isso é o que demonstrou um estudo realizado por uma colaboração internacional de pesquisadores da Europa e da China com o King’s College de Londres. Além disso, o ar seco em ambientes fechados, criados por ar-condicionado, ajudam a espalhar o vírus.

 

Fonte: R7
Faça seu comentário usando o Facebook