Operação contra pedofilia prende mãe que aliciava a própria filha em Minas Gerais

Compartilhar

Na manhã desta terça-feira (26), uma operação foi realizada no Sul de Minas, sendo com foco em Campos Gerais, MG. A operação de combate a pedofilia prendeu ao todo seis pessoas. Segundo a Polícia Civil, a mãe da vítima está entre os presos devido informações dela aliciar a própria filha.

A operação que levou o nome de ‘Paidós’ durou três meses. Entre os presos, homens que mantiveram relações com a menor, que teve influência da mãe para cometer o ato. A jovem foi abusada por cerca de 3 anos.

Chegou informações que a vítima estava sendo abusada por adultos da cidade. Ela foi submetida a exames, onde foi demonstrada as ações. A criança confirmou que realmente mantinha relações sexuais com os adultos. Alguns negaram e outros não“, informou o delegado Eduardo Braga.

A polícia informou que a mãe da criança estimulava a menor a realizar o ato sexual e em seguida pedir uma quantia em dinheiro.

Durante os depoimentos ficou demonstrando que a mãe dela solicitava que ela fosse pedir dinheiro aos acusados logo após a prática dos atos sexuais“, disse o delegado.

Por fim, a criança foi encaminhada para a avó, mas a Justiça deverá definir com quem ficará a guarda.

Faça seu comentário usando o Facebook