Os melhores lutadores brasileiros de MMA de todos os tempos

Compartilhar

Nas últimas décadas, as artes marciais mistas (MMA) cresceram enormemente no Brasil. Hoje, o Ultimate Fighting Championship (UFC) perde apenas para o amado futebol. Na verdade, tornou-se tão popular no país que o presidente do UFC, Dana White, começou a levar os eventos para o Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, e na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro.
Claro, a exibição dos brilhantes brasileiros ajudou a aumentar a popularidade do esporte no país, então continue lendo enquanto damos uma olhada em alguns dos melhores lutadores brasileiros de MMA.

Anderson Silva – 34v-11d 1 No Contest (NC)
O paulista Anderson Silva, muitas vezes o favorito nas apostas online em UFC, chega em primeiro lugar. O ‘Spider’ começou sua carreira competindo principalmente no Brasil e no Japão antes de ingressar no UFC em 2006, onde se tornou o campeão dos médios depois de apenas duas lutas. Só em 2013 ele perdeu o título, e quebrou vários recordes, incluindo o reinado mais longo de título (2.457) e as defesas de título mais bem-sucedidas (10). Infelizmente, desde aquela derrota para Chris Weidman, a carreira de Anderson passou por uma via negativa, com apenas uma vitória em suas últimas nove lutas.

José Aldo – 28v-7d
Foi muito difícil definir o primeiro lugar entre Anderson Silva e José Aldo, porém este nunca teve a mesma popularidade que Anderson Silva. Assim como o ‘Spider’, o jovem de 34 anos começou sua carreira no Brasil e no Japão antes de ingressar no World Extreme Cagefighting (WEC) em 2008, onde se sagrou campeão dos penas antes da fusão com o UFC – onde foi promovido a Campeão Peso Pena do UFC. Depois de perder para Luciano Azevedo em 2005, ‘Junior’ ficou invicto no MMA por uma década, quando Conor McGregor pôs fim à sequência de 18 vitórias consecutivas. Assim como Anderson Silva, a carreira de José Aldo deu uma guinada, com cinco derrotas nas últimas oito lutas.

Vítor Belfort – 26v-14d
Vítor Belfort mudou-se para os Estados Unidos para seguir carreira no MMA ainda adolescente e logo foi contratado pelo UFC. Apesar de ter feito sua estreia no UFC em 1997, não foi até 2004 que o ‘Fenômeno’ conseguiu o cinturão, derrotando Randy Couture pelo título dos meio-pesados. No entanto, não foi um longo reinado como campeão de Belfort, Couture conquistou o cinturão de volta poucos meses depois. Em 2005, Belfort deixou o UFC, competindo em competições como Pride e Cage Rage, mas voltou em 2009. Nos anos seguintes, ‘Phenom’ perdeu três lutas pelo título mundial, incluindo uma luta contra Anderson Silva, e, depois de perder para o compatriota Lyoto Machida no Rio de Janeiro em 2018, anunciou sua aposentadoria.

Antônio Rodrigo Nogueira – 34v-10d-1 1 No Contest
Antônio Rodrigo Nogueira, que não deve ser confundido com o irmão gêmeo e também lutador de MMA Antônio Rogério Nogueira, se destacou no Pride, onde se sagrou o campeão inaugural dos pesos pesados em 2001. Após cinco defesas de título perdeu o cinturão para o russo Fedor Emelianenko em 2003. No entanto, no final daquele ano, ele conquistou o título provisório dos pesados, mas perdeu a luta de unificação contra Emelianenko em 2004. Em 2007, ele trocou o Pride pelo UFC e, apenas em sua segunda luta, conquistou o título provisório dos pesados, que ele então perdeu para Frank Mir em sua próxima luta. O ‘Minotauro’, que tem um histórico de cinco vitórias e seis derrotas no UFC, é apenas um dos três lutadores que conquistaram os títulos dos pesos pesados do UFC e do Pride.

Faça seu comentário usando o Facebook

One thought on “Os melhores lutadores brasileiros de MMA de todos os tempos

Comments are closed.