Piloto de paraglider morre ao cair durante voo em Poços de Caldas

Compartilhar

Paulo Sérgio Trevisan, de 56 anos, tinha o apelido de Baiano e era conhecido como um navegador experiente.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, testemunhas contaram que Paulo Sérgio perdeu o controle do paraglider quando sobrevoava a Serra de São Domingos e caiu em um local de difícil acesso, a 30 metros da rampa de voo livre, próximo ao Cristo Redentor.

Paulo Sérgio Trevisan, de 56 anos, tinha o apelido de Baiano e era conhecido como um piloto experiente (Foto: Reprodução EPTV)
Paulo Sérgio Trevisan, de 56 anos, tinha o apelido de Baiano e era conhecido como um piloto experiente (Foto: Reprodução EPTV)

“Segundo informações das testemunhas e dos praticantes que estavam no local, ele veio a perder o controle da vela a aproximadamente 100 a 120 metros de altura. A vela entrou em colapso, ele conseguiu reestabelecer. Depois essa vela entrou em colapso novamente, ele deu alguns giros, tentou acionar o reserva, mas ele estava próximo ao solo. Ele não conseguiu reestabelecer essa vela dele e veio a sofrer a queda”, explicou o sargento Domingues.

Um médico que estava no local ainda tentou reanimar a vítima até a chegada do socorro. Segundo os bombeiros, a vítima teve uma parada cardiorrespiratória e foi encaminhada para a Santa Casa de Poços de Caldas, mas não resistiu.

Fonte: G1

Faça seu comentário usando o Facebook