Polícia Federal de Minas vai contar com apoio de drones para combate a crimes eleitorais

Compartilhar

Principais zonas eleitorais do estado vão ser monitoradas por drones

Informações divulgadas pela Polícia Federal (PF) de Minas Gerais, dão conta de que para aumentar e melhorar a fiscalização contra crimes eleitorais, no 1° Turno das Eleições 2020, drones vão monitorar as principais zonas eleitorais do estado. Serão cerca de 15 drones ajudando os policias a combater crimes como boca de urna e transporte de eleitores.

Na divulgação, que ocorreu na manhã desta terça-feira (27), o delegado Daniel Fábio Fantini, explicou que policiais e pilotos dos drones, serão posicionados em locais estratégicos. Ele ainda esclareceu que os locais já foram mapeados e já estão pré-definidos.

O delegado ainda explicou como será o funcionamento desse novo artifício de combate. Segundo ele, as imagens captadas pelos aparelhos vão ser disponibilizadas para os policiais. Assim que receberem o conteúdo e que for constatado o crime, os militares vão se dirigir para os locais.

Outra questão importante, que o uso dos drones permitirá, é sobre o cumprimento do distanciamento social. Com os aparelhos, será possível mapear onde a medida de segurança não está sendo cumprida.

Faça seu comentário usando o Facebook