Polícia Militar de Alpinópolis alerta sobre riscos das queimadas

Compartilhar

A Polícia Militar de Alpinópolis, elaborou na manhã de hoje 16, uma campanha alertando sobre os riscos de queimadas na área urbana e rural, e para inibir essa prática delituosa. O 3º pelotão da cidade,  produziu um vídeo onde solicita o apoio e colaboração da população em relação as queimadas.

Durante o ano de 2019, os policiais militares da fração e funcionários da prefeitura tiveram muito trabalho em relação as queimadas as quais por diversas colocaram em risco residências na área urbana, também no ano passado várias propriedades rurais foram atingidas por incêndios inclusive incinerarão lavouras de café.

O aumento das queimadas seguiu a média estadual, que e janeiro a julho do ano de 2019, a foi registrado pelo Corpo de Bombeiros 8.928 incêndios em vegetação. Segundo os bombeiros, foram 2.122 ocorrências a mais de queimadas em comparação com o mesmo período do ano 2018, o que representa um crescimento de cerca de 31,2%.

A PM preocupada com o bem estar da população resolveu realizar companha de conscientização em relação as queimadas e a denunciar possíveis autores, porém os militares frisam a importância de conter os focos no início.

“Muitas vezes populares presenciam o início de um foco, que com um simples gesto poderia controlar uma catástrofe ambiental e evitar colocar em riscos a vida de terceiros, pedimos que caso for um pequeno foco, que a população nos ajuda a controlar e evitar a propagação das chamas. Lógico que caso o fogo coloque em riscos a integridade física o mais prudente não é se arriscar e acionar os órgãos competentes”. Frisou o CB Juliano.

Em Alpinópolis, a prefeitura possui um caminhão pipa que auxilia nesses tipos de ocorrência quando necessário, pois o Corpo de Bombeiros mais próximo é 2ª Companhia Operacional, pertencente a 1ª Companhia Independente sediada em Passos.

“Pedimos apoio a população que nos ajude a evitar esses focos de incêndio, pois ano passado tivemos grandes problemas com queimadas e muitas vezes colocou em risco residência e animais da fauna”. Relembrou o motorista do caminhão pipa, Mateus Nonato.

Lembrando que a queimada sem licença do órgão ambiental é tida como incêndio criminoso e é punida pela Lei de Crimes Ambientais (9.605/98) com pena de um a quatro anos de reclusão. Por isso, antes de fazer uma queimada, o produtor rural deve providenciar a sua licença no órgão ambiental de sua cidade. Pode ser até o Corpo de Bombeiros ou a Polícia Militar (Ambiental).

 

 

 

Fonte: Polícia Militar

Faça seu comentário usando o Facebook

One thought on “Polícia Militar de Alpinópolis alerta sobre riscos das queimadas

Comments are closed.