Polícia prende trio em Alfenas suspeitos no sequestro da família de um gerente de banco em Machado

Compartilhar

Nesta sexta-feira, 05, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) cumpriu mandado de prisão contra três investigados por envolvimento em extorsão mediante sequestro, na modalidade conhecida como “sapatinho”. O crime ocorreu em Machado, Sul do estado, em fevereiro, quando a família de um gerente de banco ficou refém, de um dia para o outro, até que os suspeitos conseguissem acesso ao dinheiro da agência bancária.

A prisão ocorreu no momento em que um dos investigados, de 29 anos, tentava deixar a cidade de Alfenas, que fica a 35 quilômetros do município onde ocorreram os fatos. O homem foi abordado em um posto de combustíveis na altura do distrito de Gaspar Lopes. Um ocupante do veículo, de 26 anos, também possuía mandado de prisão em aberto por outro crime e foi detido. Uma mulher, de 27 anos, e outro homem, de 20 anos, foram presos em suas residências, em Alfenas.

A intervenção da PCMG foi realizada pela equipe da Delegacia em Machado, responsável pela investigação dos fatos, com apoio de policiais civis lotados em Alfenas. Durante a ação, ainda foram apreendidos com os suspeitos dois aparelhos celulares, drogas e R$ 190 em espécie.

Os quatro presos na operação foram encaminhados ao sistema prisional e se encontram à disposição da Justiça. O trabalho investigativo prossegue pela PCMG a fim de identificar todos os envolvidos no crime.

Foto: Polícia Civil
Fonte: ASCOM-PCMG
Faça seu comentário usando o Facebook
PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com