Preço do leite deve bater record e continuar subindo no 2º semestre

Compartilhar

Os preços do leite pago ao produtor e dos derivados lácteos devem subir ao longo do segundo semestre de 2020, projeta a Cogo – Inteligência em Agronegócio. No momento, segundo a consultoria, o valor médio do litro de leite no Brasil regista alta de 29,2% entre janeiro e julho.

Apesar do patamar já elevado, o preço do leite captado em julho e pago neste mês de agosto deve ultrapassar com folga o recorde, segundo a Cogo. “A expectativa é de alta média de 10%”, diz.

A consultoria afirma que essa valorização do leite se deve à maior competição entre as indústrias de laticínios para garantir a compra de matéria-prima nos últimos meses. “A concorrência acirrada, por sua vez, está atrelada à necessidade de se refazer estoques de derivados lácteos, em um momento de oferta limitada no campo e de demanda aquecida”, diz.

Faça seu comentário usando o Facebook

One thought on “Preço do leite deve bater record e continuar subindo no 2º semestre

Comments are closed.