Prefeitura diz que não vai liberar verba para o Carnaval

Compartilhar

Pelo segundo ano consecutivo, administração aponta problema com prestação de contas e direciona montante de quase R$ 500 mil para a Saúde.

Prefeitura voltou a rejeitar repasse de verbas para o desfile das escolas de samba em Poços de Caldas, MG (Foto: Marcelo Rodrigues / EPTV)

elo segundo ano consecutivo, a Prefeitura de Poços de Caldas (MG) afirmou que não vai liberar verbas para o tradicional desfile de escolas de samba no município. A medida, segundo a administração, seria porque ainda existem pendências jurídicas na apresentação de contas das agremiações.

O motivo seria o mesmo que levou a prefeitura a cancelar o repasse em 2016. Além disso, o prefeito, Sérgio Azevedo (PSDB), alega que a verba de quase R$ 500 mil deve novamente ser repassada para o setor de Saúde do município.

“Esse dinheiro que, em 2017, nós destinamos integralmente para a Saúde e pudemos realizar diversas ações, entre elas mil cirurgias de catarata, foram mil pessoas que saíram de uma fila de catarata, esse ano nós vamos repetir isso. Nós vamos destinar novamente para a Saúde. E a minha ideia é que a gente consiga, junto com outras verbas que nós estamos conseguindo, a gente finalmente zerar essa fila de cirurgias, que quando nós assumimos, chegava a 2,5 mil pessoas aguardando”, afirmou.

Em contato com a EPTV, afiliada da Rede Globo, o presidente da Associação das Escolas de Samba e Blocos Carnavalescos de Poços de Caldas, João Siqueira Lima, disse que prestou todas as contas das escolas de samba para a prefeitura. Ele diz ainda que vai se reunir com os representantes das escolas para definir se haverá desfile no carnaval do ano que vem.

Faça seu comentário usando o Facebook