Preso último integrante de quadrilha que explodiu caixas eletrônicos

Compartilhar

Uma vida de luxo em Escarpas do Lago, onde alugou uma mansão e fazia passeios de barcos, sempre cercado por homens, que diziam ser seus amigos, e mulheres. Este cenário acabou sendo determinante para a prisão do último integrante de uma quadrilha que explodiu os caixas eletrônicos do Banco do Brasil, em Uberaba, no ano passado. Doze integrantes da quadrilha já estavam presos. Só faltava este, que tinha prisão preventiva decretada.

Segundo o tenente coronel Luiz Otávio, a prisão mostrou o preparo da Polícia Militar, agora aparelhada com um jato, que permite o transporte de tropas da capital para qualquer ponto do interior de Minas, no máximo em 30 minutos.

A partir da denúncia de moradores de Escarpas de que um homem estaria ostentando e a grande movimentação na casa era suspeita, uma equipe do 12º BPM foi deslocada para Capitólio e, de lá, para Escarpas.

Os policiais fizeram um cerco à casa. No local, vários veículos começaram a se movimentar. O primeiro carro a sair foi seguido e interceptado, mas não era o homem procurado. Ele estava no segundo carro a sair, um Citroën. Também foi seguido e interceptado. Era o ladrão de banco que faltava.

Segundo o tenente Robson, que comandou a operação, na casa estavam outros criminosos e oito mulheres, todas contratadas pelo homem procurado. Na casa, eram promovidas festas, regadas a bebida e drogas. Ele foi detido e levado para a cadeia de Capitólio, de onde deverá ser transferido, em breve, para Uberaba.

 

Fonte: Estado de Minas
Faça seu comentário usando o Facebook

One thought on “Preso último integrante de quadrilha que explodiu caixas eletrônicos

Comments are closed.