Problemas com varizes podem aumentar durante o verão; saiba como evitar

Compartilhar

As varizes incomodam sobretudo por uma questão estética, mas são na verdade veias superficiais dilatadas e tortuosas. Elas são mais comuns de aparecerem nos membros inferiores, sinalizando problemas na circulação do sangue venoso. Mas, além disso, o que pouca gente sabe é que durante as altas temperaturas do verão, as varizes podem piorar.

Em épocas mais quentes esses vasos podem se dilatar, sinalizando um alerta em quem tem a doença ou até mesmo predisposição da mesma.

A Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular aponta que as varizes atingem 38% dos brasileiros. Dentro deste número, a maior parte são mulheres.

Para o cirurgião Roberto Sacolotto, presidente da Sociedade, mais de 50% dos casos de varizes estão associados a fatores genéticos. De acordo com ele, pessoas que têm um familiar com varizes têm mais chances de ter a doença.

E ainda desta um alerta, já que a doença acomete, na maioria das vezes, pessoas acima dos 40, mas também pode atingir jovens entre 20 e 30 anos, sobretudo aqueles que tem predestinação genética.

Outro fator de risco é o tipo de emprego, já que ficar muito tempo parado ou em pé dificulta o retorno do sangue das pernas para o coração. A dica para quem geralmente trabalha ou fica nestas condições é caminhar e se movimentar sempre que possível.

Em Carmo do Rio Claro, após a contratação de um médico especialista e a compra de materiais que auxiliam nos trabalhos médicos como por exemplo, a cirurgia, haverá atendimentos para pessoas com problemas de varizes.

 

Faça seu comentário usando o Facebook