Procon Guaxupé alerta para empréstimo consignados irregulares

Compartilhar

De repente o extrato do banco aponta um valor de saldo bem maior do que era o esperado na conta de aposentadoria. O beneficiário não sabe de onde aquele valor surgiu. Com o tempo descontos, de valores irrisórios, acontece no valor da aposentadoria ou pensão por um grande período. A realização de empréstimo consignados sem autorização dos aposentados acendeu o sinal do alerta no Procon de Guaxupé. Atualmente, 63 casos estão sendo acompanhados pelo órgão.

As reclamações começaram no ano passado, quando os beneficiários perceberam descontos de valores pequenos na aposentadoria. “Normalmente o desconto é de um valor pequeno, mas com descontos em até 84 vezes”, explica a coordenadora do Procon de Guaxupé, Maria Amélia Chueiri.

Os valores de empréstimos feitos sem autorização dos beneficiários são de R$1,2 mil até R$8 mil.

Para realizar os empréstimos, alguns contratos dos bancos apresentam assinaturas retiradas de pedidos de empréstimos feitos anteriormente pelo aposentado.

“Alguns realmente têm a assinatura da pessoa, mas é uma assinatura fraudulenta e tem que ir para prova pericial. Porque muitas vezes, não é a assinatura da pessoa, ou se utilizaram de uma assinatura antiga e copiaram e colaram. É o chamado ’empréstimo a fórceps’. Você não quer, mas é obrigado”, alerta Maria Amélia.

Segundo a coordenadora do Procon, um levantamento dos valores cobrados indevidamente será feito e enviado para o Ministério Público de Minas Gerais. “O MP esta ciente dessa situação e já vem tomando as providências em nível estadual e a CENACOM em nível federal porque isso não aconteceu somente em Guaxupé, foi em nível Brasil. Mas muitos desconhecem essa prática. A orientação que o Procon faz é que essas pessoas prestem bastante atenção nos seus extratos bancários para verificar se houve algum depósito desconhecido na conta e não acreditar que aquele valor está na conta por algum milagre”, ressalta.

O Procon de Guaxupé fica na Rua Mancini, próximo ao Terminal Urbano.

 

Fonte: Portal da Cidade Guaxupé
Faça seu comentário usando o Facebook