Produtora rural investe na criação de peixes aos 84 anos

Compartilhar

Os 84 anos de idade não são obstáculo para a produtora Julieta Moreira, que mora no município de Cachoeira da Prata, região Central de Minas Gerais. Ela cuida praticamente sozinha do sítio Santa Edwiges, de quatro hectares, onde produz de tudo um pouco: frutas, mandioca, amendoim, hortaliças, milho, feijão, além de pequenas criações de galinhas e porcos.

A disposição da dona Julieta na lida com as atividades no campo parece não ter fim. Há pouco tempo, ela descobriu uma nova paixão: criar peixes. Para isso, ela precisava construir um tanque. Foi aí que surgiu a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater-MG), vinculada à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), que desenvolveu um projeto para resolver a questão.

Os 84 anos de idade não são obstáculo para a produtora Julieta Moreira, que mora no município de Cachoeira da Prata, região Central de Minas Gerais. Ela cuida praticamente sozinha do sítio Santa Edwiges, de quatro hectares, onde produz de tudo um pouco: frutas, mandioca, amendoim, hortaliças, milho, feijão, além de pequenas criações de galinhas e porcos.

A disposição da dona Julieta na lida com as atividades no campo parece não ter fim. Há pouco tempo, ela descobriu uma nova paixão: criar peixes. Para isso, ela precisava construir um tanque. Foi aí que surgiu a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater-MG), vinculada à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), que desenvolveu um projeto para resolver a questão.

 

Fonte: Agência Minas
Faça seu comentário usando o Facebook