Onda Sul FM

Professor Lourenço é homenageado pela Câmara Municipal

Foi realizada nesta segunda-feira, 8, na Câmara Municipal de Carmo do Rio Claro, uma homenagem póstuma com a entrega do Título de Honra ao Mérito “Legado Carmelitano” (in memória) ao senhor Lourenço Antônio Figueiredo Pereira, carinhosamente conhecido por Professor Lourenço.

A homenagem foi proposta pelo vereador Paulo Marcelo Silva (Paulão). O vereador justificou a homenagem dizendo que seu objetivo é reconhecer o brilhante e honroso trabalho que homenageado prestou ao município até o fim de sua vida.
Dentre outros feitos, professor Lourenço compôs junto com o irmão a música que hoje é o hino de Carmo do Rio Claro.

O homenageado faleceu em 2001 aos 77 anos, mas deixou marcas por diversos setores da sociedade carmelitana. Foi funcionário da Coletoria Estadual de impostos, técnico de futebol, pianista, compositor, vicentino, servidor na Paróquia Nossa Senhora do Carmo, radialista na Rádio Difusora e vereador desta Casa Legislativa, ocupando inclusive a Presidência de 1963 a 1965.

A música Exaltação foi composta em 1944 com o irmão Job Milton e foi oficializada como hino da cidade no ano de 2006. A lei foi instituída a partir de projeto apresentado pelos vereadores João Paulo Castro Ferreira e José Joaquim Silva (Zé Pequeno) que, inclusive, são vereadores na atual legislatura.

Fundou no município a Comunidade Eclesiais de Base e a Congregação Mariana cujo hino também foi composto por ele. Professor Lourenço cursou Teologia na Faculdade de Filosofia e Letras de Moema e lecionou português e ciências nos Colégios Cônego Leopoldo e Montfort.

Filho de Milton de Araújo Pereira e Maria de Lourdes Figueiredo Pereira, nasceu em Carmo do Rio Claro no dia 03 de agosto de 1924. Casou-se com Maria Henriqueta Carvalho Pereira e foi pai de três filhos: José Milton, Alfredo (falecido) e Lourenço Antônio.

Faça seu comentário usando o Facebook
© 1999-2019 ONDA SUL - A RÁDIO DO SUL DE MINAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS / IA EMPRESA