Quase 45% dos surtos de síndrome respiratória em Minas foram em centros de saúde

Compartilhar

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES) já identificou 714 possíveis surtos de Síndrome Respiratória Aguda (SRA) associados à Covid-19 durante esta pandemia. Desses, 320 (45%) ocorreram em serviços de saúde.

Conforme boletim divulgado nesta sexta-feira (28), esses serviços estão distribuídos nas 14 macrorregiões do Estado e em 27 regionais de saúde, totalizando 86 municípios com a ocorrência de pelo menos um surto em seu território. Apenas a Unidade Regional de Saúde (URS) de Pedra Azul não apresentou surtos em estabelecimentos de saúde no período avaliado.

Nos 320 surtos de SRA notificados na área sanitária, 3.560 pessoas foram acometidas por Covid-19, em um total de 7.748 pessoas expostas ao risco de infecção. Desses, 925 eram profissionais de saúde, 69 desenvolveram Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 23 pessoas morreram.

Empresas

Ainda de acordo com a SES, dos 714 surtos de SRA em investigação, 150 (21%) ocorreram em empresas. Elas estão distribuídas nas 14 macrorregiões, em 26 regionais de saúde do Estado e em 91 municípios — apenas as URS de Diamantina e Januária não notificaram surtos de SRA em empresas no período avaliado.

A maioria dessas notificações foram nas seções de Indústrias de transformação (33%), Comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas (22%), Construção (12%), Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aqüicultura (7%) e Atividades financeiras, de seguros e serviços relacionados (7%). Quatro pessoas evoluíram para óbitos.

Asilos

Dos 714 surtos, 93 (13%) ocorreram em Instituições de longa permanência para idosos (ILPI), que estão localizadas em 12 macrorregiões e distribuídos em 56 municípios. Só as macrorregiões Nordeste e Triângulo do Sul não notificaram surtos em ILPI nesta pandemia.

Nesses casos, 1.314 pessoas foram acometidas por Covid-19, em um total de 2.681 pessoas expostas ao risco direto. Ao todo, 124 desenvolveram SRAG e 82 pessoas morreram, representando uma taxa de letalidade de 6%.

Balanço

Atualmente, Minas tem 209.465 casos confirmados de coronavírus e 5.167 mortes em decorrência da doença. Desses doentes, 173.369 já se curaram.

Faça seu comentário usando o Facebook