Onda Sul FM

Queijos de Minas conquistam 50 medalhas em concurso mundial na França

Produtores de queijo de Minas Gerais conquistaram 50 medalhas no 4º concurso “Mondial du Fromage et des Produits Laitiers”, realizado entre os dias 2 e 4 de junho na cidade de Tours, na França. Segundo a organização, foram 952 inscritos de 15 diferentes países. Os queijeiros do estado levaram desde de medalhas de bronze até o super ouro, maior condecoração da disputa.

O Mondial du Fromage é realizado de dois em dois anos. A premiação leva em consideração a qualidade dos queijos e pode ter diversos medalhistas recebendo a mesma premiação, já que a colocação é determinada pela qualidade de cada queijo em si.
Ao todo, Minas Gerais levou 50 medalhas, enquanto o Brasil levou 56. No último concurso, o estado havia levado 11 medalhas. Neste ano foram: 4 super ouros – 3 em MG; 6 ouros – 5 em MG; 23 pratas – 20 em MG ; 23 bronzes – 22 em MG.

Entre as regiões produtoras premiadas em Minas Gerais, destaque para a Serra da Canastra, que acumulou 24 das 56 medalhas brasileiras no concurso. Três delas foram super ouro. Três medalhas em Delfinópolis, que fica no Sul de Minas; duas em Piumhi; uma em Medereiros; uma em Bambuí e 17 em São Roque de Minas, cidades que ficam no Centro-Oeste de Minas.

O melhor desempenho da Serra da Canastra, até então, havia sido em 2017, com a conquista de três medalhas de prata. O crescimento foi comemorado pelos produtores da região.

Foto Reprodução: José Orlando Ferreira Junior
Serra da Canastra ganhou 24 medalhas no concurso — Foto: Reprodução: Aprocan

 

Produtor José Orlando Ferreira Junior levou medalha de bronze em mundial da França — Foto: Arquivo Pessoal/José Orlando Ferreira Junior
Via G1 Sul de Minas
Faça seu comentário usando o Facebook
© 1999-2019 ONDA SUL - A RÁDIO DO SUL DE MINAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS / IA EMPRESA