Retomada lenta do mercado até 2025 prevê Anfavea

Compartilhar

A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) divulgou o balanço da produção no Brasil no primeiro semestre de 2020. Devido às paralisações causadas pela pandemia da Covid-19, foram fabricadas 729,5 mil unidades nos seis primeiros meses do ano – uma queda de 50,5% em relação ao mesmo período de 2019. Segundo a entidade, o mercado só retornará ao nível do ano passado em 2025.

“A situação geral da indústria automotiva nacional é de uma crise maior que as enfrentadas nos anos 1980, 1990 e essa mais recente, de 2015 e 2016. Ela veio num momento em que as empresas projetavam um crescimento anual de quase 10%. Um recuo dessa magnitude no ano terá impactos duradouros, infelizmente. Nossa expectativa é que apenas em 2025 o setor retorne aos níveis de 2019, ou seja, com atraso de seis anos”, prevê o presidente da Anfavea, Luiz Carlos Moraes.

Em junho de 2020, a produção de 98,7 mil unidades foi 129,1% superior à de maio. Porém, na comparação com junho do ano passado, o número é 57,7% inferior. A entidade projeta para o fim de 2020 a produção de 1,63 milhão de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus – volume 45% inferior ao de 2019.

 

 

Fonte: TERRA

Faça seu comentário usando o Facebook