Romeu Zema firma convênio sobre controle de cheias em Contagem

Compartilhar

O governador Romeu Zema assinou, nesta quinta-feira (20/2), convênio de cooperação técnica e participação financeira com o município de Contagem, para a execução de importantes obras de controle de cheias na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

O convênio, feito por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra) e do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG), prevê o aporte de R$ 22,7 milhões do Governo de Minas e R$ 27,8 milhões de recursos pelo município de Contagem, para complementar os investimentos necessários para conclusão de obras interrompidas por falta de verba em gestões anteriores.

Esses aportes permitirão a liberação de R$ 73,9 milhões em recursos federais, tendo a Caixa Econômica Federal como agente financeiro.

Serão contempladas obras dos empreendimentos de Requalificação Urbana e Ambiental e de Controle de Cheias do Córrego Riacho das Pedras, o complemento da 2ª etapa de Requalificação Urbana e Ambiental do Ribeirão Arrudas, a construção de equipamentos de infraestrutura pelo Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social (FNHIS), além de obras do Programa de Requalificação Urbana, Ambiental e de Controle de Cheias do Córrego Ferrugem.

Durante a solenidade para assinatura do convênio, o governador afirmou que, se a estrutura tivesse sido concluída no passado, poderia ter evitado parte dos danos provocados pelas tempestades que atingiram a região no mês de fevereiro. Ele ainda destacou o empenho da atual gestão para a conclusão de obras inacabadas.

O prefeito de Contagem, Alex de Freitas, enalteceu a parceria entre município e Estado e agradeceu a participação das forças estaduais na recuperação dos danos provocados pelas chuvas

“Hoje, damos uma solução já pensada e concebida no passado para a frustração de uma gente, tanto aqui de Contagem quanto de Belo Horizonte, cansada de ver essas cenas que infelizmente nos acostumávamos a ver. Não existe dinheiro sobrando, mas a verba que administramos não é nossa, é do povo.

Aproveito para agradecer, em nome do povo de Contagem, à Polícia Militar, ao Corpo de Bombeiros, à Defesa Civil e a todos os servidores do Estado que foram muito solidários nesse período difícil que a cidade atravessou com as chuvas no início do ano”, concluiu.

Fonte; ALMG
Faça seu comentário usando o Facebook