Onda Sul FM

Saiba a importância da vacinação em todas as fases da vida

Você sabia que é importante a vacinação em todas as fases da vida?

São as vacinas que reduzem os riscos de infecções, evitando o agravamento de doenças, internações e até mesmo óbitos. São as vacinas que estimulam as defesas naturais do corpo, ajudando-o a desenvolver a imunidade. Além disso, quando altas coberturas vacinais são atingidas, os efeitos benéficos da vacinação contra algumas doenças não estão limitados somente às pessoas que foram imunizadas. A vacinação em massa permite, não somente proteção individual, mas também a proteção de toda a população, reduzindo incidências de doenças, impedindo-as de serem transmitidas a pessoas suscetíveis.

No Calendário Nacional de Vacinação do Ministério da Saúde, não só crianças são contempladas, mas também adolescentes, adultos, idosos e gestantes. São disponibilizadas gratuitamente 19 vacinas para mais de 20 doenças como meningite, pneumonia, coqueluche e gripe, cuja proteção inicia ainda nos recém-nascidos, podendo se estender por toda a vida.

Segundo o Ministério da Saúde, a população pode se vacinar gratuitamente, em mais de 36 mil postos de vacinação localizados nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) em todo o país. Para se vacinar basta comparecer a um posto de saúde com o cartão de vacinação em mãos. Se tiver perdido o cartão, o ideal é que procure o local de vacinação onde tenha recebido doses de vacinas anteriores, e assim, resgatar seu histórico de vacinações para fazer um novo cartão.

Mas, mesmo sem o cartão é importante lembrar que a população pode e deve se imunizar, destaca Dr. Jessé Alves, Infectologista e Médico de Vacinas.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a vacinação em massa evita entre 2 a 3 milhões de mortes por ano. E é disponibilizado gratuitamente no Sistema Único de Saúde (SUS),  pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI), vacinas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para todas as fases da vida, desde recém-nascidos a idosos; como BCG (para prevenção de formas graves de tuberculose em crianças); Hepatite B; VIP/VOP (vacina inativada e vacina oral contra poliomielite – paralisia infantil); Pneumocócica (contra a infecção por pneumococo que causa meningite, pneumonia e infecção de ouvido – otite); Meningite Meningocócica pelo sorogrupo C (conjugada); Febre Amarela; Hepatite A; Tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola); Tetra viral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela – catapora); entre outras.

A Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) e a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), possuem calendários de vacinação com recomendações que complementam o PNI, abrangendo também vacinas que atualmente só estão disponíveis na rede privada para a imunização de crianças, jovens, adultos, gestantes e idosos.

Doença séria; que merece atenção, e que pode ser prevenida pela vacinação, é a Meningite Meningocócica, que diferentemente do que muitos acham, não é uma doença só de criança; e até 23% dos adolescentes e adultos jovens podem ser portadores da bactéria, podendo transmiti-la a outras pessoas através da saliva e partículas respiratórias, sem necessariamente desenvolver a doença.

Matéria dirigida ao publico em geral, mas é importante sempre consultar um médico, que esclarecerá sobre um possível problema de saúde.

Foto: Reprodução
Via: GSK/Camila Curvelohttp://Saiba a importância da vacinação em todas as fases da vida

 

 

Faça seu comentário usando o Facebook
© 1999-2019 ONDA SUL - A RÁDIO DO SUL DE MINAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS / IA EMPRESA