Seis pessoas são presas suspeitas de crimes ambientais que somam mais de R$ 1 milhão em Campo Belo

Compartilhar

Uma operação envolvendo policiais federais e militares foi realizada nesta terça-feira, dia 26, em Campo Belo. Doze mandatos de busca e apreensão foram cumpridos e seis pessoas foram presas. Entre os materiais apreendidos estavam drogas e pássaros. Cerca de 15 crimes ambientais foram cometidos e as multas aplicadas ultrapassam R$ 1 milhão.

Os policiais informaram que a operação chamada de “Uirapuru” investigava denúncias sobre crimes ambientais como captura, manutenção e comércio ilegal de pássaros silvestres. Também havia crimes de adulteração de selos nacionais através de anilhas e documentos falsos.

Dos 12 mandatos de busca e apreensão, a polícia apreendeu 100 pássaros, 67 gaiolas, quatro celulares, oito armadilhas, três transportadoras, 430 anilhas, uma memória de computador e cocaína. Também foi recolhido material para fabricação de anilhas, R$ 5.300 em moedas e R$ 1.630 em cheques.

Foram enumeradas 15 infrações ambientais que somam exatos R$ 1.069.202 milhão em multas. Os animais eram retirados da natureza e através de anilhas e documentos falsos, eles eram comercializados na região.

A Polícia informou também que diversos locais foram vistoriados em Campo Belo e Aguanil (MG). A operação contou com 18 viaturas e 44 militares da Polícia Militar do Meio Ambiente e da Polícia Federal.

Fonte: Portal Campo Belo
Faça seu comentário usando o Facebook

One thought on “Seis pessoas são presas suspeitas de crimes ambientais que somam mais de R$ 1 milhão em Campo Belo

Comments are closed.