Sete pessoas são multadas em R$ 30,8 mil por pesca ilegal

Compartilhar

A Polícia Militar do Meio Ambiente abordou sete pessoas que praticavam pesca irregular na represa de Furnas, próximo ao Náutico Clube. Os abordados foram detidos e encaminhados para a Delegacia de Polícia, onde foram lavrados sete autos de infrações, com multas que totalizaram R$ 30.850,00. A ocorrência foi na sexta-feira.

A ação policial foi durante a execução da Operação “Semper in agro” em comemoração aos 55 anos da implantação do Policiamento Ambiental em Minas Gerais e aos 40 anos de criação do Batalhão de Polícia de Meio Ambiente.

Após denúncias de que indivíduos conhecidos no meio policial estariam praticando pesca com petrechos proibidos na Represa de Furnas, os policiais foram até o local e flagraram a pesca. A equipe da Polícia Militar de Meio Ambiente, com apoio de militares do 64° BPM (Batalhão da PM), abordagem os sete suspeitos que se encontravam no local utilizando redes tipo arrasto e batida conhecida por “Tigun”.

Durante vistorias foi constatado que os abordados estavam utilizando sete redes de 30 metros por 1,5 metro de altura, totalizando 315 m², além de três petrechos conhecidos por “Tigun”. O material foi apreendido.

Os policiais também encontraram, em uma caixa de plástico, 15 Kg quilos de peixes, que haviam sido capturados pelos abordados. O pescado foi descartado no Aterro Sanitário após análise da Vigilância Sanitária de Alfenas.

 

Fonte: Alfenas Hoje

Faça seu comentário usando o Facebook
PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com