Socorrista da Arteris morre esmagada durante resgate de casal na BR-381

Compartilhar

Uma funcionária da concessionária Arteris, responsável pela gestão da BR-381, morreu na tarde desta terça-feira (1/12), enquanto tentava resgatar um motorista e uma mulher grávida e em trabalho de parto, que estavam presos às ferragens de um caminhão que capotou. Ela morreu esmagada pela cabine do caminhão, que estava içada e se desprendeu do guincho que era usado no salvamento.

O Corpo de Bombeiros foi acionado às 16h15 para atender o acidente, no trecho da 381 conhecido como “Subida da Serra de Igarapé”, próximo à fábrica de água mineral Igarapé. Segundo relato, a carreta descia a serra, quando o motorista perdeu o controle, bateu num barranco e tombou. O motorista e a mulher ficaram presos nas ferragens.

Ao chegarem ao local, os bombeiros se surpreenderam com a situação, pois funcionários da concessionária Arteris já estavam realizando o atendimento. No entanto, na tentativa de acessarem as vítimas na cabine do caminhão tombado, eles usaram um guincho para levantar a estrutura. Foi quando uma socorrista entrou por baixo da cabine içada. A estrutura cedeu, esmagando a funcionária.

A partir daí, uma nova missão. Os bombeiros resgataram então em segurança os ocupantes do caminhão. A gestante foi encaminhada para o Hospital de Betim, socorrido pela aeronave Arcanjo. O motorista foi levado para o mesmo hospital, por uma ambulância da concessionária.

A vítima fatal foi resgatada em seguida e o corpo levado para o IML. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi acionada para registrar a ocorrência.

 

Fonte: Estado de Minas
Faça seu comentário usando o Facebook

One thought on “Socorrista da Arteris morre esmagada durante resgate de casal na BR-381

Comments are closed.