Suspeitos são detidos após terem feito mulheres reféns durante assalto em Campo do Meio

No final da tarde desta segunda-feira, 27, um casal foi preso suspeitos de terem participado do assalto a duas casas em Campo do Meio. Os crimes aconteceram nesta manhã e três mulheres foram feitas reféns.

Segundo a Polícia Militar, um homem invadiu as residências, que são interligadas. Ele rendeu duas funcionárias e uma dona de casa. Duas vítimas chegaram a ser amarradas.

Ele achava que ali tinha dólares, porque no quarto do meu filho, ele achou uma nota de dólar lá. Deve ser de um dólar”, conta o produtor rural José Márcio Rocha, marido de uma das vítimas.

A aposentada Vanda Aparecida Rocha ficou na mira do criminoso. Ela foi rendida na cozinha de casa e diz que a todo momento o homem cobrava a abertura de um cofre.

Eu peguei e falei para ele: ‘Moço, se você quiser me matar, você pode me matar. Sabe por quê? Aqui em casa não tem cofre. Eu já te falei, em nome de Deus e Nossa Senhora, não tem cofre. Para que eu vou mentir com um revólver na minha cabeça?”, conta Vanda.

O suspeito não mora na cidade e estava hospedado em uma pousada com uma mulher. Do local, eles estariam analisando a rotina da família. E foi de lá que a mulher avisou ao bandido que a polícia já estava na rua.

Ela ficou falando assim: ‘Vaza daí, vaza daí, que está cercado de polícia”, diz a aposentada.

O casal fugiu deixando as malas e uma identidade na pousada. Para a polícia a hospedagem no hotel foi para facilitar a entrada nas casas.

Eles estavam lá com o objetivo de fazer essas famílias reféns, subtrair os bens dela, haja vista que o hotel é posicionado em frente à residência da vítima. E ele tinha outras residências, de igual poder aquisitivo, e ele foi justamente nessa residência”, explica o tenente Jangeolaine das Chagas Silva.

O casal e a arma utilizada no crime foram encaminhados para a delegacia de Polícia Civil.

Foto Redes Sociais
Faça seu comentário usando o Facebook
shares