Tarifa de energia é reajustada e fica mais cara em Poços de Caldas, MG

Compartilhar

Valor é referente ao aumento médio no município e pode variar conforme a tensão e o consumo; medida passa a valer nesta quarta-feira (22).

A conta de energia elétrica vai ficar mais cara em Poços de Caldas (MG). As tarifas da DME Distribuição, concessionária responsável pelo sistema no município, subiram em média em 15,38%. A medida já passa a valer nesta quarta-feira (22).
Conforme a empresa, a alta nos preços é resultado do reajuste tarifário anual e foi definida há uma semana pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A revisão já estava prevista no contrato de concessão da DME Distribuição.
Com isso, o “efeito médio a ser percebido pelos consumidores é de 15,38% e varia conforme o nível de tensão, sendo 14,61% para alta tensão e 15,80% para baixa tensão”, conforme divulgou a empresa.
A DME Distribuição ressaltou ainda que a Aneel considera a variação de custos associados à prestação do fornecimento de energia elétrica para compor o valor do reajuste.

Tarifa de energia é reajustada e fica 15,38% mais cara em Poços de Caldas (Foto: Reprodução EPTV)

Bandeiras tarifárias

As bandeiras tarifárias também passaram por reajuste no último mês. Os valores incidem sobre o consumo de energia elétrica e passaram a funcionar da seguinte maneira:
Bandeira verde continua sem cobrança extra.
Bandeira amarela caiu de R$ 2 para R$ 1 a cada 100 kWh consumidos.
Bandeira vermelha no patamar 1 teve o valor de R$ 3 para cada 100 kWh mantido.
Bandeira vermelha no patamar 2 passou de R$ 3 para R$ 5 a cada 100 kWh.
Atualmente, o sistema de energia elétrica opera com bandeira vermelha em patamar 2, devido ao baixo nível dos reservatórios.

Bandeiras tarifárias levam em consideração nível de reservatórios; Bortolan opera com apenas 38% do volume útil (Foto: Reprodução EPTV)

Falta de chuvas

Conforme o monitoramento mais recente divulgado pela DME Distribuição, o nível da Represa Bortolan está 2,07 metros negativo, fazendo com o que o reservatório opere com 38% do volume útil. Além disso, o nível da Represa do Cipó está ainda pior, com 7,44 metros negativos e um volume útil de apenas 28%.

Via G1
Faça seu comentário usando o Facebook

One thought on “Tarifa de energia é reajustada e fica mais cara em Poços de Caldas, MG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.