Taxa de ocupação de leitos de UTI cai para 67,35% no Sul de Minas após 2 semanas de queda de casos

Compartilhar

A queda no número de novos casos de Covid-19 registrada nas últimas duas semanas no Sul de Minas já resulta na queda da taxa de ocupação de leitos de UTI na região. Atualmente, conforme dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), o Sul de Minas tem uma taxa de 67,35% de leitos de UTI, sendo que 31,63% estão sendo ocupados por pacientes de Covid-19. Essa taxa é a melhor da região em 40 dias.

Há pouco mais de uma semana, no dia 29 de janeiro, a taxa de ocupação estava em 73,58%, com proporção de 35,99% para pacientes de Covid. No dia 26, a taxa era de ocupação era de 75%, com 37,94% de proporção de pacientes de Covid-19.

Nas últimas duas semanas, o Sul de Minas registrou queda no número de novos casos registrados da doença. No entanto, chegou a 160 mortes nesta semana, um recorde desde o início da pandemia.

Taxa de ocupação de leitos de UTI e proporção por Covid-19 no Sul de Minas

DataOcupação de leitos de UTIProporção por Covid-19
06/0267,35%31,63%
28/0173,58%35,99%
26/0175%37,94%
10/0172,68%32,50%
31/1268,41%25,78%
23/1262,02%18,60%
09/1264,86%17,48%
23/1159,58%15,92%
07/1152,47%11,79%
16/1059,51%18,83%
04/0861,97%20,56%
29/0762,7%19,56%
06/0767%14,47%

Cidades com maior ocupação de UTIs

 

Conforme os dados do “Painel de Monitoramento” da SES-MG, Itajubá tem a maior proporção de ocupação de leitos de UTI na região no momento: 87,04%. Logo em seguida aparecem Varginha (74,07%) e Pouso Alegre (74,03%) com as maiores taxas de ocupação.

Já em relação à proporção ocupada por pacientes de Covid-19, Três Pontas lidera a lista com a maior taxa: 46,67%. Itajubá (40,74%) e Pouso Alegre (40,26%) aparecem na sequência com as maiores taxas de ocupação pela doença.

Leitos de enfermaria

 

Em relação aos leitos de enfermaria, o Sul de Minas tem hoje uma taxa de 48,84% de ocupação, sendo que desses, 7,96% estão sendo ocupados por pacientes de Covid-19.

Esse número também é melhor do que o registrado na semana retrasada, quando a taxa de enfermarias estava em 49,39% de ocupação, com proporção de 9,51% para Covid-19.

A média do Sul de Minas é melhor também que a de todo o Estado de Minas Gerais, que hoje tem 68,14% de suas enfermarias ocupadas, com 10,79% sendo preenchidas por pacientes de Covid-19.

Sul de Minas registra queda de taxa de ocupação por Covid-19 — Foto: Reprodução SES-MG

Sul de Minas registra queda de taxa de ocupação por Covid-19 — Foto: Reprodução SES-MG

Fonte: G1 Sul de Minas

Faça seu comentário usando o Facebook
PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com