Três veículos de grande porte se envolvem em engavetamento

Compartilhar

Soldados do Corpo de Bombeiros de Belo Oriente, na Região do Vale do Rio Doce, em Minas Gerais, tiveram uma madrugada agitada, depois do engavetamento entre duas carretas e um ônibus de passageiros, no km 224 da BR-381. O fato aconteceu nesta quinta-feira (31/12).

Segundo as autoridades, ninguém morreu, mas dois motoristas ficaram feridos, presos às ferragens de seus veículos, um coletivo e um caminhão.

O Corpo de Bombeiros se deslocou para o local por volta da 1h30, após ser acionado pela Polícia Militar.

Segundo uma testemunha, o motorista de um caminhão-tanque, que estava vazio, com placa de Aparecida de Goiânia (GO), reduziu a velocidade para ultrapassar um caminhão que encontrava-se parado no acostamento.

Nesse momento, um segundo motorista, que conduzia um caminhão-baú com placa de Betim (MG), foi surpreendido por uma choque em sua traseira.

O ônibus de passageiros da empresa de turismo Saldanha bateu contra a traseira desse veículo de carga. O coletivo tinha placa de São Gonçalo do Pará, no Centro-Oeste de Minas.

Os três engavetaram e dois motoristas, do caminhão baú e do ônibus, ficaram presos às ferragens. Quando os bombeiros chegaram ao local, estavam conscientes e orientados. O caminhão que encontrava-se com defeito no acostamento não foi atingido.

Imediatamente, os bombeiros iniciaram os trabalhos para retirar os dois motoristas feridos. Ambos tinham ferimentos na cabeça e sangravam, além de escoriações nas pernas.

O Samu também esteve no local e depois dos primeiros-socorros aos feridos, os encaminhou para o Hospital Márcio Cunha, em Ipatinga, também no Vale do Rio Doce.

Segundo o motorista do ônibus, ele foi surpreendido pelo caminhão-baú parado na pista e não teve tempo de parar ou desviar.

Ele contou que vinha de Malacacheta, na região mineira do Vale do Jequitinhonha, e tinha como destino final a cidade de Nova Serrana, no Centro-Oeste do mesmo estado.

Ele é prestador de serviços, freelancer, e não soube explicar como a empresa funcionava, já que não existe uma linha regular entre Malacacheta e Nova Serrana. Nenhum passageiro ficou ferido com gravidade.

 

Fonte: Estado de Minas
Faça seu comentário usando o Facebook
Qual sua reação sobre o post!?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
Menu
Right Menu Icon