Vereadores votam reajuste de subsídios de servidores e agentes políticos em reunião extraordinária

Compartilhar

A Câmara Municipal de Carmo do Rio Claro realizou nesta segunda-feira, 20, a segunda reunião extraordinária do ano. Em votação, os projetos que tratam da concessão de reajuste de vencimentos e subsídios de servidores efetivos e comissionados e agentes políticos no percentual de 4,48% para todos.

Foram votados o projeto de lei de autoria da Prefeitura 002/2020 que dispõe de concessão de reajuste dos vencimentos dos servidores públicos municipais contratados, o Projeto de Lei 003/2020 que dispõe de concessão de reajuste dos vencimentos dos servidores públicos municipais efetivos.
Ambos os projetos foram aprovados por unanimidade.

Também de autoria da Prefeitura, o Projeto de Lei 004/2020 que dispõe de concessão de reajuste dos subsídios de prefeito e vice-prefeito e o Projeto de Lei 005/2020 que dispõe de concessão dos vencimentos dos servidores públicos municipais comissionados os chamados cargos de confiança. Esse projetos foram aprovados por 5 votos favoráveis e 3 contrários.
Votaram contra os vereadores: Filipe Carielo, Juliano Alves da Silva e Sandro Deoclécio.

Também em votação, os projetos do Poder Legislativo que previam reajuste igual de 4,48%: Projeto de Lei 002/2020 que dispõe de concessão de reajuste dos vencimentos dos servidores efetivos e contratados do Poder Legislativo de Carmo do Rio Claro-MG, foi aprovado por unanimidade.

Também do legislativo o Projeto de Lei 003/2020 que dispõe de concessão de reajuste dos vencimentos dos servidores comissionados do Poder Legislativo de Carmo do Rio Claro-MG, que foi aprovado por 5 votos favoráveis e 3 contrários. Votaram contra os vereadores: Filipe Carielo, Juliano Alves da Silva e Sandro Deoclécio.

Já o Projeto de Lei 004/2020 que dispõe sobre a concessão de reajuste dos subsídios dos vereadores foi reprovado. Foram favoráveis os vereadores: João dos Reis e Paulo Marcelo Silva. Os demais votaram contra o PL.

 

 

Faça seu comentário usando o Facebook