Zé do Caixão morre aos 83 anos

Compartilhar

Na quarta-feira, 19, faleceu aos 83 anos, o cineasta José Mojica Marins, popularmente conhecido como “Zé do Caixão”. A personalidade da mídia morreu em decorrência de uma broncopneumonia. A informação foi confirmada pela família.

Foi durante um sonho que o inferno acenou pela primeira vez ao Zé do Caixão. A passagem aconteceu em 1963, quando José Mojica tinha 27 anos e dois longas-metragens em seu currículo. No sonho, ele era arrastado para dentro de uma cova por um homem todo de preto, que tinha o seu rosto. Ao acordar desse sonho sombrio, com aquela imagem na cabeça, ele criou um dos personagens mais populares da história do cinema brasileiro: o coveiro Josefel Zanatas, conhecido ao longo de seus 51 anos de existência pela alcunha de Zé do Caixão.

Mojica teve um importante papel na construção de uma identidade para o cinema brasileiro. Com a criação de Zé do Caixão e a produção de outros filmes de terror e horror, despertou o interesse de outros cineastas e também do público que gosta de ficção. Sendo assim, ele tornou-se um mestre no gênero, dirigindo e atuando.

 

Faça seu comentário usando o Facebook