Search
Close this search box.

Acidente grave em Alpinópolis: Carro atropela motociclista e passa por cima da cabeça

0
COMPARTILHAMENTOS
3.1k
VISUALIZAÇÕES

Na manhã desta segunda-feira (1º) a Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência de um acidente envolvendo uma motocicleta e um veículo de passeio no cruzamento da rua Belo Horizonte com a rua Jacinto Ribeiro em Alpinópolis (MG).

📱Participe do Canal Portal Onda Sul no WhatsApp

Ao chegarem no local, os militares constataram que o SAMU (Serviço de Atendimento Médico de Urgência), já havia realizado a mobilização da condutora da motocicleta, 41 anos, a qual estava caída ao solo e a encaminharam para o Pronto Socorro de Alpinópolis, onde aparentemente sofreu escoriações pelo corpo, sendo necessário permanecer em abservação para realização de exames de raio-x.

Algumas testemunhas que presenciaram o acidente, relataram aos PMs, que o condutor do veículo Prisma, cor prata, 61 anos, estava transitando pela rua Jacinto Ribeiro sentido do bairro CEA ao bairro São Benedito e não obedeceu o sinal da placa “pare”, momento que colidiu com a motocicleta que seguia na rua Belo Horizonte, sentido bairro Novo Mundo. Após o impacto com a condutora da moto, esta veio a cair ao solo e a roda traseira do Prisma passou sobre a cabeça dela, a qual não teve maiores ferimentos devido estar devidamente com o capacete preso sobre a cabeça.

As testemunhas informaram que o condutor do veículo evadiu do local sem prestar socorro a motociclista e que acionaram o SAMU.

A esposa do condutor informou que seu esposo, o motorista do Prisma, havia ingerido bebida alcoólica e informou o endereço da residência para que os militares pudessem dialogar com ele.

Ao chegarem à residência, os militares constataram que o autor do acidente apresentava sinais de embriagues, tais como, estava andando cambaleante, olhos avermelhados, hálito etílico, fala desconexa e arrogância. Ao ser indagado, o senhor respondeu que parou normalmente na placa de parada obrigatória e que ao atravessar a rua Belo Horizonte, percebeu o impacto no seu veículo oriundo do lado direto e que saiu para verificar o que ocorreu e ainda colocou a mão na cabeça da motociclista. Ao perceber que ela estava respirando, foi buscar os filhos na escola.

O motorista negou a realizar o exame do Etilômetro e devido aos diversos crimes cometidos como dirigir na influência de álcool, não prestar socorro etc, foi imputado a sua prisão.

Foi solicitado à um estabelecimento comercial próximo ao local do acidente, imagens da câmara de segurança, porém a PM ainda não havia recebido.

Via: Jornal Folha Regional
Receba as notícias através do grupo oficial do jornalismo da Onda Sul no seu WhatsApp. Não se preocupe, somente nossos administradores poderão fazer publicações, evitando assim conteúdos impróprios e inadequados. Clique no link –> https://chat.whatsapp.com/G42MsF9LiiPILoe68hzHB4
Receba as notícias através do grupo oficial do jornalismo da Onda Sul no seu WhatsApp. Não se preocupe, somente nossos administradores poderão fazer publicações, evitando assim conteúdos impróprios e inadequados. Clique no link –> https://chat.whatsapp.com/G42MsF9LiiPILoe68hzHB4
×